Da vida para o mundo: professora do IFB fala sobre luta contra câncer de mama em palestra




Em celebração ao Outubro Rosa — mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama —, o Instituto Federal de Brasília (IFB) promoveu uma palestra sobre o tema durante o IncluIF, no Encontro de Educação Profissional e Tecnológica, o ConectaIF, na manhã desta quinta-feira (20/10). A mesa-redonda é coordenada pela professora de acessibilidade audiovisual do IFB Campus Recanto das Emas, Adriana Tavares, que relatou aos participantes a própria experiência na luta contra a doença.


O evento contou também com a participação da médica oncologista Patrícia Schorn, que abordou temas sobre prevenção, níveis da doença, tratamento, entre outros; e da advogada Juliana Rabelo Paulini, que falou sobre os direitos da mulher diagnosticada com câncer.


Vestida com blusa rosa, a professora Adriana conta um pouco do drama vivido ao receber o diagnóstico. A docente soube que estava com câncer de mama em dezembro de 2021, após fazer o exame de mamografia. À época, ela estava afastada para concluir o mestrado. “O meu tipo de câncer eu não iria descobrir apenas pelo toque, então foi preciso eu passar por exames. Quando a gente recebe essa notícia é muito complicado. Graças a Deus, eu descobri no início e não precisei passar por quimioterapia e nem radioterapia”, diz.


Mesmo tendo ciência da doença, Adriana conciliou o tratamento médico com o mestrado. Ela chegou a dar uma pausa nos estudos, mas logo após retornou. “Era até uma forma de me esquecer e não ficar pensando na doença.” A professora passou pelo procedimento de retirada de mama e encontra-se em período de reabilitação.


Para ela, o debate da temática pode romper o estigma e encorajar as mulheres na luta contra o câncer de mama. “Somos um espaço educacional e precisamos trazer esse diálogo para a escola e falar sobre a importância da prevenção. Temos mulheres de diversos níveis aqui, como servidoras, alunas. Essa pauta é muito importante, especialmente porque o ConectaIF acontece justamente no mês de prevenção”, finaliza.



12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo